COME TO ME

quinta-feira, 28 de março de 2013

ESSA JOVEM É CORAJOSA, CATÓLICA, COM UMA VISÃO CLARA DA REALIDADE, E FEZ UMA ÓTIMA, JUSTA E ISENTA DEFESA DO PASTOR MARCO FELICIANO



O nome dela é Renata Gusson Martins... anônima por não ser uma celebridade da "classe artística" ou de algum "cast" ou  de "círculos globais" ou ainda partidários de extremíssima esquerda.



Divulguem... só divulguem o máximo que puderem ( os que acreditam em boas coisas, no que é justo, no que é de boa fama, etc, etc... )

Mais uma coisa: depois de assistir aqui, vá ao YouTube, aumente o número de views que por ora está um pouco mais de 730 além de  clicar em "gostei". Uma maneira de mostrar que a posição dela é a sua também e que você empresta a essa causa a sua opinião. Não lave as mãos e não se omita portanto como  tantos fazem.

OUTROS APOIOS IMPORTANTES, DE PESSOAS QUE DISCORDAM TEOLOGICAMENTE DELE MAS QUE RECONHECEM O VALOR DE SUA LUTA (CLIQUE NO LINK )



sábado, 9 de março de 2013

ALGO PODERIA ESTAR MUDANDO, DE BAJULADOS A DIFAMADOS, CRENTES DE DIFERENTES POSIÇÕES E IMPLICADOS UNS COM OS OUTROS SERÃO FINALMENTE UM, COMO DISCÍPULOS DE CRISTO?



Sou crente de uma época em que, ao pregar ou testemunhar a qualquer pessoa, finalizávamos a conversa convidando  essa pessoa para qualquer igreja evangélica, geralmente a mais próxima de sua casa. Hoje contaminados por uma inconsciente concorrência, convenientemente nem citamos o nome de outra denominação, omitimos testemunhos de bençãos e vitórias, porque aparentemente tais créditos podem ser devidos a uma denominação, a um pastor, de outra denominação. Não reconhecemos como obra de Deus, por que tais bençãos e milagres contradizem a nossa teologias subordinada à teologia de nossa denominação. Desse modo estamos em um momento muito ruim e por essas patéticas falhas somos malvistos pelos que ainda são inconversos, sem terem tido ainda um encontro pessoal com o nosso Deus.

Desgraçadamente quanto duas denominações e dois líderes de igrejas de práticas diferentes se alinham em algo comum, essa união é resultado de contratos envolvidos em produções de algum DVD ou CD de um artista evangélico, gerando mais público, reprodução e divulgação nas rádios, entrevistas em midias impressas, etc. Do mesma forma os afastamentos. E as coisas são feitas de modo tão descarado, tão impossibilitada de justificativa razoável semelhante a ética de grupo, tal e qual , a ética de grupo encontrada na sociedade fora da igreja.

Respeito e admiro a obra de dois grandes líderes evangélicos, um deles o que me levou ao Senhor, e que durante anos foi o meio pelo qual as minhas convicções cristãs fossem solidamente firmadas, o Pastor Márcio Valadão, o outro o Missionário R.R. Soares. Dois pregadores e que indubitavelmente levam milhares de pessoas ao conhecimento de Jesus Cristo. 

Mas o Missionário R.R. Soares jamis seria convidado a pregar e fazer as mesmas coisas que segundo a sua experiência e convicção pessoais faz em sua igreja na Igreja Batista de Lagoinha, se não fosse a produção de DVDs, pela Graça Music, da Igreja Internacional da Graça de Deus, de dois dos filhos de Márcio Valadão. Da mesma forma o afastamento de Ana Paula e o Diante do Trono, promovido pelas emissoras e pelo antigo Troféu Talento da Igreja Universal do Reino de Deus em troca da Sony Music e da Rede Globo. E o pior que a cara não queima de vergonha, e nem param apara pensar que essa prática obscura e não ética, seja mais coisa de espaço secular do que entre irmãos da mesma fé basilar.

Desse modo um pregador convidado não pode na plena liberdade, citar ao menos testemunhos, igrejas e líderes que momentaneamente não estejam na graça de quem o convida o do público que o ouve. O homem dessa forma se coloca mais submisso a outros homens e contingência do que ao próprio Deus. E isso em todas as denominações por vários e diversos motivos, uns até compreensíveis e outros que extrapolam o simples bom senso. Os ouvintes não podem ouvir a inteireza do que Deus faz no mundo e no meio do seu povo, mas apenas o que humanamente é conveniente. Isso é um desastre!

Quando um é criticado e apedrejado impiedosamente pelo mundo, pelos de fora, que por ignorância ou ódio a Deus o fazem, não são poucos os crentes que se ajuntam e fornecem mais munição para destruí-lo mais rapidamente. Cada um busca garantir mais espaço contra os demais irmãos, crentes no Deus da Bíblia, ainda que naturalmente, como foi desde o início da igreja e durante esses quase dois mil anos, tenham sido muitas e reais essas diferenças em muitos detalhes secundários, consequência de nossa informação e capacidade de julgamento imperfeitos.

Não se trata de sermos falsos uns com os outros, falsamente amorosos e falsamente unidos. Se trata de não fingirmos que não é de um modo bizarro e patético que  agimos uns com os outros, o que  cheira ( se não é  bastante próximo disso ) muito falso. Contratos, agenda, compromissos de trabalho, direitos autorais, investimento e lucro ainda que legítimos, se sobrepõem ao que deveria balizar a relação entre irmãos contra o mundo inimigo de Deus e não o contrário.

A igreja hoje diz menos verdades do que dizia quando era pobre, sem impacto social natural, quando era invisível e desconhecida. Hoje é presa do politicamente correto e internamente, inconscientemente teme, treme, e se cala sobre muita coisa. Não precisamos de estrelas simpáticas e afáveis caindo nas graças de incrédulos que permanecem incrédulos, com milhões de seguidores nas redes sociais, nem de seus posters nas portas dos guarda-roupas substituindo e as vezes ao lado de ídolos patéticos do esporte, do cinema com os mesmos sorriso posados para campanhas publicitárias e de divulgação de produtos. Não é errado mas pode se ornar profundamente errado sem ser percebido e com resultados nefastos, que só o tempo poderá revelar.

As bobagens ditas por astistas pregadores, mais artistas que pregadores, tem mais peso que de um crente mais velho, experiente e que já viu muita água passar por debaixo da ponte, como se diz aqui em Minas Gerais. Todos erramos, é inevitável pro várias razões, mas entre sorrisos ingênuos e cara de adolescentes falar do burrinho como a BMW de Jesus há uma considerável distância e falta de autocrítica. O estrago é definitivo e imenso, pois as redes sociais, a mídia em geral mesmo  "autoproprietária"  dão aos fatos e declarações uma falsa legitimidade. Um pastor anônimo não tem a mesma influência, a não ser no escândalo, do que um artista e "cantor gospel", um teólogo então é um chato de galocha, um autor de um livro imenso que ninguém quer se dar ao trabalho de ler.

A igreja é um organismo, um todo, somos partes diferentes mas sempre partes desse organismo, nos movemos na direção certa ou nos atrapalhamos mutuamente. Não somos independentes ( oxalá fôssemos ) mas inter dependentes sempre. Se o mundo odeia um de nós, por causa da nossa fé, odeia a todos, embora isso não seja perceptível, a menos que a nossa prática e confissão seja um anti-fé, basilada em tudo o que o mundo aceita e defenda. Por isso exatamente que só a perseguição indiscriminada contra o Evangelho e contra tudo que se confesse  em nome de Deus legitimamente, seja capaz de nos trazer  de volta ao trilho da união e da luta em defesa da Palavra de Deus.

Precisamos voltar a esse trilho, apesar de nossas diferenças e da nossa disposição em defender essas diferenças uns contra os outros e não numa luta única contra o mundo e contra as obras do Diabo nesse mundo. Os últimos acontecimentos no Brasil, devido principalmente a uma  fixação contra a opinião de pastores evangélicos e consequente engajamento político partidário contra tudo que resulta do ativismo gay, tem feito grupos antagônicos a defenderem com a mesma força e ímpeto, outros irmãos que circunstancialmente se colocam na linha de frente desse combate e sofrem muito que naturalmente a mais dura perseguição moral, difamatória e com pilhas de processos tidos como "legais" contra si mesmos.

Dessa forma calvinistas tem se alinhado e agido materialmente nas redes sociais em defesa de pelo menos dois pastores, Sila Malafaia e Marcos Feliciano, atualmente os mais combativos nesse assunto e mais atentos, às não poucas artimanhas políticas  feitas convenientemente longe dos holofotes e da vigilância da maior parte dos crentes.

Com diferenças consideráveis, calvinistas ardorosos e competentes defensores da inefabilidade da Palavra de Deus, pentecostais e neopentecostais pragmáticos no que se refere aos desafios seculares da vida, apoiados por não poucos católicos praticantes e mais ortodoxos como padres e pregadores do grupo católico carismático da Canção Nova, não se calam e não temem o barulho feito pelo mundanismo que assola todos os setores da sociedade brasileira, contaminando os valores mais basilares da vida e prática cristã, contra o perigo que se arvora contra, principalmente as próximas gerações de crianças e de jovens.

Conscientes que não basta ficar no interior de suas igrejas, defendendo o seus pontos de vistas e valores internamente, enquanto na sociedade, seus fiéis e filhos de seus fiéis corem o risco cada vez mais eminente  de serem  contaminados e vencidos por valores e práticas espúrias ao cristianismo bíblico que  santifica e eleva o ser humano a degraus mais altos.

O vídeo acima do grupo Jesus Culture, calvinista, que tem inflamado positivamente a igreja nos EUA e influenciado jovens aqui no Brasil, com  canção STILL BELEIVE ( Ainda creio ) e a carta esclarecimento do Pastor Marco Feliciano acerca das razões e detalhes da perseguição movida e repercutida em toda a mídia e nas redes sociais com o objetivo claro de impedir a sua posse como presidente legítimo da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, publicada por um importante site calvinista ( Internautas Cristãos ) de grande audiência na rede e de grande credibilidade, entre crentes mesmo de posição diversa a do calvinismo.

Afinal temos diferenças e erros, e posições questionáveis teológica e pragmáticas, mas TODOS, temos a mesma fé basilar no único Deus, o deus das Escrituras e no Salvador dado a nós pelo qual e por quem unicamente herdaremos após essa vida, das mãos dEle a vida eterna. Nenhum de nós o negará e nem o fará mentiroso diante do mundo. Ainda mais porque é infinitamente menor o preço a ser pago de injúrias, energia dispendida em debates, textos, postagens, do que outros crenes em vários lugares do mundo pagam com as suas próprias vidas. Não nos acovardaremos em denunciar o pecado, em rechaçar e destruir em o nome do Senhor as artimanhas engendradas pelo Diabo em nosso país.  Unâmo-nos todos a cima de toda diferença secundária que tenha nos separado e nos feito quase inimigos uns dos outros, pela causa e no nome do Senhor.

Por Helvécio S. Pereira




Parte da resposta do Pr Marcos Feliciano, publicada na Folha de São Paulo:

Folha de S.Paulo - Opinião - Marco Feliciano: Ditadura gay e
direitos humanos
06/03/2013 - 03h30
Marco Feliciano: Ditadura gay e direitos humanos
Dias atrás, o deputado Gabriel Chalita (PMDB-SP) f oi sugerido para o Ministério da Ciência e Tecnologia. Houve protestos de alguns da comunidade científ ica pel simples fato de ele ser católico praticante e seu nome foi vetado. 
Agora é a vez de um pastor evangélico ser questionado para presidir a Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados. Perseguição religiosa?

A presidência da CDHM, pela proporcionalidade entre legendas, ficou com o meu partido, o PSC. A indicação do meu nome gerou um furacão de manifestações dissimuladas pela internet por parte de militantes da comunidade GLBT T (gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais). Algumas me acusaram de ser racista e homofóbico.

Jean Wyllys - Cinismo Cruel. Tudo teve início quando postei na internet que os africanos são descendentes de um "ancestralamaldiçoado por Noé". Referia-me a uma citação bíblica, segundo a qual o filho de Noé, após ser amaldiçoado pelo pai, f oi mandado para a África. A maldição f oi quebrada com o advento de Jesus, que derramou seu sangue para nos salvar. Não usei a palavra negro, pois me referia a um povo definido por uma região e não pela cor de sua pele.

Sou pastor e prego para pessoas de todas as etnias. Nunca, nem antes nem depois desse episódio, f ui
considerado racista, inclusive porque corre em minhas veias sangue negro também. Amo o continente
africano. Sou querido pelo povo de Angola, onde fiz trabalhos.

Sobre homossexuais, minha posição é mais tolerante do que se pode imaginar. Como cristão, aprendi no Evangelho que somos todos criaturas de Deus. Nunca me dirigi a nenhum grupo de pessoas com desrespeito. Apenas ensino o que aprendi na Bíblia, que não aprova a relação sexual nem o casamento entre duas pessoas do mesmo sexo. Fora isso, a salvação está ao alcance de todos. 
Essa é a minha f é -- só prego o amor e o perdão.

No entanto, esses militantes GLBT T rotulam como homofóbica qualquer pessoa que discordar de suas
posições. Acusam de incitação à violência, o que qualquer pessoa isenta sabe que não é verdade. Mas,
jogada ao vento, essa mentira causa estragos à imagem do acusado perante a opinião publica. Vivemos
uma ditadura gay.

Cesar Habert Paciornik/Folhapress

A DEFESA COMPLETA do Pastor Marco Feliciano você encontra AQUI


divulgue e compartilhem





domingo, 3 de março de 2013

MENSAGEM: AS QUATRO CIDADES DA BÍBLIA

Há três dias, mais ou menos, ao meditar na Palavra de Deus, coisa que eu faço em qualquer lugar, em qualquer momento do dia, mesmo sem a Bíblia física em mãos, apenas lembrando textos da perfeita, única e Toda Sábia Palavra de Deus, veio completa à minha mente essa meditação. Relutei até essa manhã em registrá-la e compartilhar com os leitores desse blog dos quais tenho respeito e em temor escrevo alguma coisa eu espero ser apenas para edificação e não para escândalo. Após lê-la, penso que poderia rer sido mais curta e concisa, porém resolvi incluir dados tanto históricos como geográficos e  capítulos inteiros de textos bíblicos. Se alguém achar conveniente pregar sobre o assunto que enxugue o conteúdo e faça o seu próprio esboço de mensagem abordando o mesmo tema.

Bem há quatro cidades citadas nas Escrituras, todas mais ou menos e as vezes muito citadas em pregações temáticas variadas, ou simplesmente citadas como exemplos dentro de outras abordagens. Essas cidades estão separadas no tempo por grandes intervalos, sendo que apenas duas delas coexistiram e foram citadas pela mesma pessoa talvez dentro do mesmo ano. 

Essas cidades representam ou nos apontam quatro tipos de pessoas, que somos todos e cada um de nós em várias circunstâncias e desafios espirituais no decorrer de nossas vidas. Falarei sobre elas não na ordem histórica e que se encontram relatadas e registradas nas Escrituras. Quero dizer também que não se trata da "forçassão de barra" de algumas tendências teológicas de alegorizar tudo o que é encontrado nas Escrituras ou que se tem na Bíblia. Por outro lado é uma pena que os deterministas, por sua obsessão de que tudo foi feito antes da fundação do mundo, percam tantas lições importantes a partir das Escrituras que são perfeitas para dar entendimento e nos alertar sobre nós mesmos,lavando-nos pelo poder dela mesma.

A primeira cidade é exatamente Gomorra, ou a mais famosa e lembrada das duas: Sodoma.

Detalhes históricos: 

A expressão "Sodoma e Gomorra" se aplica, por extensão, às cinco cidades-estado do Vale de Sidim, no Mar Salgado ou Mar Morto. Eram elas: Sodoma, Gomorra, Admá, Zebolim e Bela (também é chamada de Zoar).
O Vale de Sidim ("Vale dos Campos") era descrito como um lugar paradisíaco. Ocupava uma área aproximadamente circular no vale inferior do Mar Salgado, actualmente submerso pelas suas águas salgadas. A região é chamada em hebraico de Kikkár que significa "bacia". A pequena península na margem oriental do Mar Salgado, é chamada em árabe de El-Lisan que significa "a língua". Desde a península de El-Lisan ao extremo sul, se estenderia o Vale de Sidim. O seu fundo registra uma profundidade de 15 a 20 metros, enquanto para norte da península, o fundo desce rapidamente para uma profundidade de 400 metros.

Os inimigos das Escrituras teimam em negar a sua existência e portanto destruição com clara intenção de apagar o seu exemplo de punição por sua detalhista descrição imoral. Entretanto o Senhor Jesus Cristo reafirmara a sua existência,pecado e destruição. Logo não restam dúvidas sobre a sua existência, pecado e destruição divinas.

Sodoma e o conjunto de cidades estado, centros de poder econômico, político e de desenvolvimento acima da média das regiões e povos que viviam fora das cidades, representam o homem circunstancialmente fora da consciência da realidade divina. Trata-se da tipificação do homem que não sabe que o que pensa, o que acredita, e o que faz é exatamente errado, mas que cujas ações espalham o mal, por serem mal exemplo,contaminarem outras pessoas e se colocarem como modelo acima dos demais exemplos e modelos. A esse homem, a essa mulher pode ser aplicada a misericórdia, mas é necessário que seja detido, parado, envergonhado e a sua punição se torne exemplar. Há casos de pessoas nesse estado, nessa condição no mundo e dentro das igrejas. Para essas pessoas o tempo corre, urge, e se não mudarem de posição e de atitude o seu destino será terrível ou até a morte. Trata-se de apenas questão de tempo, para uns mais, para outros menos. A salvação para alguns é justamente as interseção de alguém.

O ser humano no mundo é como o filho Pródigo gastando a sua herança, que pode ser  a saúde, as oportunidades, o talento, a inteligência, Deus não interfere e nem cuida dele a distância, tudo corre por sua própria conta e risco. Mas um dia a saúde, as oportunidades, a capacidade de planejar e decidir, as estratégias e a mentira, a vida falsa diante dos outros e crida para si mesmo. E aí pode não haver uma segunda chance a menos que alguém interceda e muito por essa pessoa, mas a última escolha pode não ter tempo. Pesado e achado em falta, hoje pedirão a tua alma.

Sodoma não era insubstituível e nenhum de nós o somos. Não se ache o centro do universo, "o rei da bala xita", o "por cima da carne sêca", etc. Nem na igreja e muito menos no mundo, ou em ambas as situações. Você canta, toca, prega, faz algo na igreja, muitos farão o que você se gaba em fazer e muitas vezes muito melhor. No mundo? milhares querem a sua derrota e que desocupe o caminho, seja no comércio, no mundo artístico, na escola, no governo... não se iluda. Só Deus tem pensamentos de vida para você, se você entender, aceitar e se submeter debaixo da potente mão do Senhor.

Dessa forma, o diálogo de Deus com o homem que foi seu amigo, amigo de Deus, foi registrado de modo claro e inequívoco para o nosso entendimento:

GÊNESIS 18

1 Depois apareceu o Senhor a Abraão junto aos carvalhos de Manre, estando ele sentado à porta da tenda, no maior calor do dia.
2 Levantando Abraão os olhos, olhou e eis três homens de pé em frente dele. Quando os viu, correu da porta da tenda ao seu encontro, e prostrou-se em terra,
3 e disse: Meu Senhor, se agora tenho achado graça aos teus olhos, rogo-te que não passes de teu servo.
4 Eia, traga-se um pouco d'água, e lavai os pés e recostai-vos debaixo da árvore;
5 e trarei um bocado de pão; refazei as vossas forças, e depois passareis adiante; porquanto por isso chegastes ate o vosso servo. Responderam-lhe: Faze assim como disseste.
6 Abraão, pois, apressou-se em ir ter com Sara na tenda, e disse-lhe: Amassa depressa três medidas de flor de farinha e faze bolos.
7 Em seguida correu ao gado, apanhou um bezerro tenro e bom e deu-o ao criado, que se apressou em prepará-lo.
8 Então tomou queijo fresco, e leite, e o bezerro que mandara preparar, e pôs tudo diante deles, ficando em pé ao lado deles debaixo da árvore, enquanto comiam.
9 Perguntaram-lhe eles: Onde está Sara, tua mulher? Ele respondeu: Está ali na tenda.
10 E um deles lhe disse: certamente tornarei a ti no ano vindouro; e eis que Sara tua mulher terá um filho. E Sara estava escutando à porta da tenda, que estava atrás dele.
11 Ora, Abraão e Sara eram já velhos, e avançados em idade; e a Sara havia cessado o incômodo das mulheres.
12 Sara então riu-se consigo, dizendo: Terei ainda deleite depois de haver envelhecido, sendo também o meu senhor já velho?
13 Perguntou o Senhor a Abraão: Por que se riu Sara, dizendo: É verdade que eu, que sou velha, darei à luz um filho?
14 Há, porventura, alguma coisa difícil ao Senhor? Ao tempo determinado, no ano vindouro, tornarei a ti, e Sara terá um filho.
15 Então Sara negou, dizendo: Não me ri; porquanto ela teve medo. Ao que ele respondeu: Não é assim; porque te riste.
16 E levantaram-se aqueles homens dali e olharam para a banda de Sodoma; e Abraão ia com eles, para os encaminhar.
17 E disse o Senhor: Ocultarei eu a Abraão o que faço,
18 visto que Abraão certamente virá a ser uma grande e poderosa nação, e por meio dele serão benditas todas as nações da terra?
19 Porque eu o tenho escolhido, a fim de que ele ordene a seus filhos e a sua casa depois dele, para que guardem o caminho do Senhor, para praticarem retidão e justiça; a fim de que o Senhor faça vir sobre Abraão o que a respeito dele tem falado.
20 Disse mais o Senhor: Porquanto o clamor de Sodoma e Gomorra se tem multiplicado, e porquanto o seu pecado se tem agravado muito,
21 descerei agora, e verei se em tudo têm praticado segundo o seu clamor, que a mim tem chegado; e se não, sabê-lo-ei.
22 Então os homens, virando os seus rostos dali, foram-se em direção a Sodoma; mas Abraão ficou ainda em pé diante do Senhor.
23 E chegando-se Abraão, disse: Destruirás também o justo com o ímpio?
24 Se porventura houver cinqüenta justos na cidade, destruirás e não pouparás o lugar por causa dos cinqüenta justos que ali estão?
25 Longe de ti que faças tal coisa, que mates o justo com o ímpio, de modo que o justo seja como o ímpio; esteja isto longe de ti. Não fará justiça o juiz de toda a terra?
26 Então disse o Senhor: Se eu achar em Sodoma cinqüenta justos dentro da cidade, pouparei o lugar todo por causa deles.
27 Tornou-lhe Abraão, dizendo: Eis que agora me atrevi a falar ao Senhor, ainda que sou pó e cinza.
26 Se porventura de cinqüenta justos faltarem cinco, destruirás toda a cidade por causa dos cinco? Respondeu ele: Não a destruirei, se eu achar ali quarenta e cinco.
29 Continuou Abraão ainda a falar-lhe, e disse: Se porventura se acharem ali quarenta? Mais uma vez assentiu: Por causa dos quarenta não o farei.
30 Disse Abraão: Ora, não se ire o Senhor, se eu ainda falar. Se porventura se acharem ali trinta? De novo assentiu: Não o farei, se achar ali trinta.
31 Tornou Abraão: Eis que outra vez me a atrevi a falar ao Senhor. Se porventura se acharem ali vinte? Respondeu-lhe: Por causa dos vinte não a destruirei.
32 Disse ainda Abraão: Ora, não se ire o Senhor, pois só mais esta vez falarei. Se porventura se acharem ali dez? Ainda assentiu o Senhor: Por causa dos dez não a destruirei.
33 E foi-se o Senhor, logo que acabou de falar com Abraão; e Abraão voltou para o seu lugar.


Há de se lembrar que Sodoma e seus reis, como o fato de Ló habitar em Sodoma pode ser estudo desde o capítulo 15 de Gênesis, destaque para toda a revelação acerca da história do povo Israel no Egito e sua volta para essa mesma região.

SODOMA REPRESENTA E SERVE DE EXEMPLO, COMO O HOMEM CIRCUNSTANCIALMENTE FORA DA VONTADE DE DEUS, FATALMENTE SERÁ PUNIDO.

Havia em Sodoma por longo período um "crente", que oportunisticamente, escolheu e decidiu morar nela, por simples e clara questão de lógica, ignorando a depravação e não sendo uma testemunha efetiva e um anunciador da verdade! Ló lá viveu por que lhe era secularmente conveniente e consegui durante tanto tempo viver dentro de uma contingência contrária desde que isso lhe fosse benéfico materialmente. 

Os habitantes de Sodoma não conheciam a verdade por estarem sem conhecimento dela por não terem acesso a ela, mas isso não os eximia de culpa como também não lhes impediriam de serem alvos de misericórdia. Faltou a eles testemunho por parte de Ló e desistência na interseção por parte de Abraão.

Leiamos de novo:

27 Tornou-lhe Abraão, dizendo: Eis que agora me atrevi a falar ao Senhor, ainda que sou pó e cinza.

26 Se porventura de cinqüenta justos faltarem cinco, destruirás toda a cidade por causa dos cinco? Respondeu ele: Não a destruirei, se eu achar ali quarenta e cinco.
29 Continuou Abraão ainda a falar-lhe, e disse: Se porventura se acharem ali quarenta? Mais uma vez assentiu: Por causa dos quarenta não o farei.
30 Disse Abraão: Ora, não se ire o Senhor, se eu ainda falar. Se porventura se acharem ali trinta? De novo assentiu: Não o farei, se achar ali trinta.
31 Tornou Abraão: Eis que outra vez me a atrevi a falar ao Senhor. Se porventura se acharem ali vinte? Respondeu-lhe: Por causa dos vinte não a destruirei.

32 Disse ainda Abraão: Ora, não se ire o Senhor, pois só mais esta vez falarei. Se porventura se acharem ali dez? Ainda assentiu o Senhor: Por causa dos dez não a destruirei.
33 E foi-se o Senhor, logo que acabou de falar com Abraão; e Abraão voltou para o seu lugar.

A segunda cidade,  é exatamente uma cidade de pessoas com conhecimento de Deus acumulado por pelo menos mais de um milênio: Corazim.

Sobre Corazim pode ser encontrado como dados históricos:

Corazim foi uma vila ao norte da Galileia, 2,4 km de Cafarnaum em uma colina acima da costa norte do Mar da Galileia.
No tempo da Talmude, Corazim foi uma cidade judaica famosa pela sua produção de trigo de boa qualidade. No século XVI costumavam residir em Corazim pescadores judeus.
A cidade bíblica de Corazim ficava a norte de Cafarnaum, não longe do Monte das Bem-Aventuranças. Cafarnaum, Corozaim e Betsaida constituíam o chamado «triângulo evangélico». De facto, nestas cidades ou nas suas proximidades, decorreu significativa parte da vida pública de Jesus, que uma vez se insurge contra a sua incredulidade:
«Ai de ti, Corazim! Ai de ti, Betsaida! (…)
E tu, Cafarnaum, serás elevada até o céu? Não, descerás ao inferno!» (Lc 10, 13-16)
O mais interessante achado arqueológico verificado em Corozaim talvez seja o duma «cadeira de Moisés», a cadeira do chefe da sinagoga; há uma frase de Jesus onde se evoca este tipo de cadeiras.

[editar]
Referências Bíblicas

Corazim, juntamente com Betsaida e Cafarnaum, foram denominadas, nos evangelhos de Mateus e Lucas do Novo Testamento, como "cidades" (mais do que pequenas aldeias) nas quais Jesus realizou a maior parte de seus prodígios. Contudo, devido estas cidades terem rejeitado suas obras ("… o não se haverem arrependido" - Mateus 11.20), elas foram posteriormente amaldiçoadas (Mateus 11.20-24; Lucas 10.13-15).
Devido à condenação de Jesus, alguns escritores medievais antigos acreditavam que o Anticristo nasceria em Corazim. Esta idéia que foi referenciada por Montague Rhodes James em sua história "Count Magnus". A história de James, por sua vez, indiretamente referida na canção "Spectre Vs Rector", interpretada pela banda de rock The Fall em seu álbum Dragnet.
A Crítica bíblica que aceita a teoria das duas fontes afirma que esta história veio originalmente do documento Q. Apesar desta evidência textual, os arqueologistas ainda não encontraram um estabelecimento datando do 1º século.



MATEUS 11

1 Tendo acabado Jesus de dar instruções aos seus doze discípulos, partiu dali a ensinar e a pregar nas cidades da região.
2 Ora, quando João no cárcere ouviu falar das obras do Cristo, mandou pelos seus discípulos perguntar-lhe:
3 És tu aquele que havia de vir, ou havemos de esperar outro?
4 Respondeu-lhes Jesus: Ide contar a João as coisas que ouvis e vedes:
5 os cegos vêem, e os coxos andam; os leprosos são purificados, e os surdos ouvem; os mortos são ressuscitados, e aos pobres é anunciado o evangelho.
6 E bem-aventurado é aquele que não se escandalizar de mim.
7 Ao partirem eles, começou Jesus a dizer às multidões a respeito de João: que saístes a ver no deserto? um caniço agitado pelo vento?
8 Mas que saístes a ver? um homem trajado de vestes luxuosas? Eis que aqueles que trajam vestes luxuosas estão nas casas dos reis.
9 Mas por que saístes? para ver um profeta? Sim, vos digo, e muito mais do que profeta.
10 Este é aquele de quem está escrito: Eis aí envio eu ante a tua face o meu mensageiro, que há de preparar adiante de ti o teu caminho.
11 Em verdade vos digo que, entre os nascidos de mulher, não surgiu outro maior do que João, o Batista; mas aquele que é o menor no reino dos céus é maior do que ele.
12 E desde os dias de João, o Batista, até agora, o reino dos céus é tomado a força, e os violentos o tomam de assalto.
13 Pois todos os profetas e a lei profetizaram até João.
14 E, se quereis dar crédito, é este o Elias que havia de vir.
15 Quem tem ouvidos, ouça.
16 Mas, a quem compararei esta geração? É semelhante aos meninos que, sentados nas praças, clamam aos seus companheiros:
17 Tocamo-vos flauta, e não dançastes; cantamos lamentações, e não pranteastes.
18 Porquanto veio João, não comendo nem bebendo, e dizem: Tem demônio.
19 Veio o Filho do homem, comendo e bebendo, e dizem: Eis aí um comilão e bebedor de vinho, amigo de publicanos e pecadores. Entretanto a sabedoria é justificada pelas suas obras.
20 Então começou ele a lançar em rosto às cidades onde se operara a maior parte dos seus milagres, o não se haverem arrependido, dizendo:
21 Ai de ti, Corazin! ai de ti, Betsaida! porque, se em Tiro e em Sidom, se tivessem operado os milagres que em vós se operaram, há muito elas se teriam arrependido em cilício e em cinza.
22 Contudo, eu vos digo que para Tiro e Sidom haverá menos rigor, no dia do juízo, do que para vós.
23 E tu, Cafarnaum, porventura serás elevada até o céu? até o inferno descerás; porque, se em Sodoma se tivessem operado os milagres que em ti se operaram, teria ela permanecido até hoje.
24 Contudo, eu vos digo que no dia do juízo haverá menos rigor para a terra de Sodoma do que para ti.
25 Naquele tempo falou Jesus, dizendo: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos.
26 Sim, ó Pai, porque assim foi do teu agrado.
27 Todas as coisas me foram entregues por meu Pai; e ninguém conhece plenamente o Filho, senão o Pai; e ninguém conhece plenamente o Pai, senão o Filho, e aquele a quem o Filho o quiser revelar.
28 Vinde a mim, todos os que estai cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.
29 Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas.
30 Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo e leve.

A grande observação a ser feita, é exatamente que o Senhor Jesus Cristo, argumenta com gente que é religiosa, que entende teologicamente das cosias de Deus. Tando a resposta a João e aos discípulos de João foram respostas dadas a pessoas que tinham expectativas teológicas fundamentadas em informações e as palavras duras feitas ao não arrependimento das pessoas, se baseavam nas muitas provas e sinais feitos diante de seus próprios olhos.

CORAZIM PORTANTO REPRESENTA O HOMEM CRENTE, QUE CONHECE A REVELAÇÃO ESCRITURÍSTICA, MAS QUE SE RECUSA A SE SUBMETER AO QUE RESULTARIA LOGICAMENTE DESSA EXPERIÊNCIA.

Leiamos de novo as declarações do Senhor a respeito:

Então começou ele a lançar em rosto às cidades onde se operara a maior parte dos seus milagres, o não se haverem arrependido, dizendo:
21 Ai de ti, Corazin! ai de ti, Betsaida! porque, se em Tiro e em Sidom, se tivessem operado os milagres que em vós se operaram, há muito elas se teriam arrependido em cilício e em cinza.
22 Contudo, eu vos digo que para Tiro e Sidom haverá menos rigor, no dia do juízo, do que para vós.
23 E tu, Cafarnaum, porventura serás elevada até o céu? até o inferno descerás; porque, se em Sodoma se tivessem operado os milagres que em ti se operaram, teria ela permanecido até hoje.
24 Contudo, eu vos digo que no dia do juízo haverá menos rigor para a terra de Sodoma do que para ti.




A terceira cidade é Jerusalém, como exemplo de falta de

percepção do importante e decisivo momento em sua história


Jerusalém (em hebraico moderno: ירושלים, transl. Yerushaláyim; em hebraico clássico: ירושלם; em árabe: القدس, transl. al-Quds: em gregoΙεροσόλυμα, transl. Ierossólyma), é a capital declarada (mas não reconhecida pela comunidade internacional) de Israel e sua maior cidade tanto em população quanto área, com 732 100 residentes em uma área de 125,1 km² ou 49 milhas quadradas (incluindo a área disputada de Jerusalém Oriental). Localizada nas Montanhas Judeias, entre o mar mediterrâneo e o norte do Mar Morto, a Jerusalém moderna tem crescido aos arredores da cidade antiga.
A cidade tem uma história que data do IV milênio a.C., tornando-a uma das mais antigas do mundo. Jerusalém é a cidade santa dos judeus,cristãos e muçulmanos, e o centro espiritual desde o século X a.C. contém um número de significativos lugares antigos cristãos, e é considerada a terceira cidade santa no Islão. Apesar de possuir uma área de apenas 0,9 quilômetros quadrados (0,35 milhas quadradas), a cidade antiga hospeda os principais pontos religiosos, entre eles a Esplanada das Mesquitas, o Muro das lamentações, o Santo Sepulcro, a Cúpula da Rocha e a Mesquita de Al-Aqsa. A cidade antigamente murada, um patrimônio mundial, tem sido tradicionalmente dividida em quatro quarteirões, ainda que os nomes usados hoje (os bairros armênio, cristão, judeu e o muçulmano) foram introduzidos por volta do século XIX. a Cidade Velha foi indicada para inclusão na lista do patrimônio mundial em perigo pela Jordânia em 1982. No curso da história, Jerusalém foi destruída duas vezes, sitiada 23 vezes, atacada 52 vezes, e capturada e recapturada 44 vezes.

Nos Evangelhos, um dos textos referentes e incisivos acerca de Jerusalém:

MATEUS 23

1 Então falou Jesus às multidões e aos seus discípulos, dizendo:
2 Na cadeira de Moisés se assentam os escribas e fariseus.
3 Portanto, tudo o que vos disserem, isso fazei e observai; mas não façais conforme as suas obras; porque dizem e não praticam.
4 Pois atam fardos pesados e difíceis de suportar, e os põem aos ombros dos homens; mas eles mesmos nem com o dedo querem movê-los.
5 Todas as suas obras eles fazem a fim de serem vistos pelos homens; pois alargam os seus filactérios, e aumentam as franjas dos seus mantos;
6 gostam do primeiro lugar nos banquetes, das primeiras cadeiras nas sinagogas,
7 das saudações nas praças, e de serem chamados pelos homens: Rabi.
8 Vós, porém, não queirais ser chamados Rabi; porque um só é o vosso Mestre, e todos vós sois irmãos.
9 E a ninguém sobre a terra chameis vosso pai; porque um só é o vosso Pai, aquele que está nos céus.
10 Nem queirais ser chamados guias; porque um só é o vosso Guia, que é o Cristo.
11 Mas o maior dentre vós há de ser vosso servo.
12 Qualquer, pois, que a si mesmo se exaltar, será humilhado; e qualquer que a si mesmo se humilhar, será exaltado.
13 Mas ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque fechais aos homens o reino dos céus; pois nem vós entrais, nem aos que entrariam permitis entrar.
14 (Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque devorais as casas das viúvas e sob pretexto fazeis longas orações; por isso recebereis maior condenação.)
15 Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque percorreis o mar e a terra para fazer um prosélito; e, depois de o terdes feito, o tornais duas vezes mais filho do inferno do que vós.
16 Ai de vós, guias cegos! que dizeis: Quem jurar pelo ouro do santuário, esse fica obrigado ao que jurou.
17 Insensatos e cegos! Pois qual é o maior; o ouro, ou o santuário que santifica o ouro?
18 E: Quem jurar pelo altar, isso nada é; mas quem jurar pela oferta que está sobre o altar, esse fica obrigado ao que jurou.
19 Cegos! Pois qual é maior: a oferta, ou o altar que santifica a oferta?
20 Portanto, quem jurar pelo altar jura por ele e por tudo quanto sobre ele está;
21 e quem jurar pelo santuário jura por ele e por aquele que nele habita;
22 e quem jurar pelo céu jura pelo trono de Deus e por aquele que nele está assentado.
23 Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, e tendes omitido o que há de mais importante na lei, a saber, a justiça, a misericórdia e a fé; estas coisas, porém, devíeis fazer, sem omitir aquelas.
24 Guias cegos! que coais um mosquito, e engulis um camelo.
25 Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque limpais o exterior do copo e do prato, mas por dentro estão cheios de rapina e de intemperança.
26 Fariseu cego! limpa primeiro o interior do copo, para que também o exterior se torne limpo.
27 Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas por dentro estão cheios de ossos e de toda imundícia.
28 Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas por dentro estais cheios de hipocrisia e de iniquidade.
29 Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque edificais os sepulcros dos profetas e adornais os monumentos dos justos,
30 e dizeis: Se tivéssemos vivido nos dias de nossos pais, não teríamos sido cúmplices no derramar o sangue dos profetas.
31 Assim, vós testemunhais contra vós mesmos que sois filhos daqueles que mataram os profetas.
32 Enchei vós, pois, a medida de vossos pais.
33 Serpentes, raça de víboras! como escapareis da condenação do inferno?
34 Portanto, eis que eu vos envio profetas, sábios e escribas: e a uns deles matareis e crucificareis; e a outros os perseguireis de cidade em cidade;
35 para que sobre vós caia todo o sangue justo, que foi derramado sobre a terra, desde o sangue de Abel, o justo, até o sangue de Zacarias, filho de Baraquias, que mataste entre o santuário e o altar.
36 Em verdade vos digo que todas essas coisas hão de vir sobre esta geração.
37 Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, apedrejas os que a ti são enviados! quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e não o quiseste!
38 Eis aí abandonada vos é a vossa casa.
39 Pois eu vos declaro que desde agora de modo nenhum me vereis, até que digais: Bendito aquele que vem em nome do Senhor.




Jerusalém tem também ( seus habitantes israelitas ) informações religiosas, teológicas, papéis, ocupações, ligadas ao conhecimento, preservação, ensino e prática das coisas de Deus. Não são como ateus, agnósticos, gnósticos, marxistas, animistas, mas ortodoxamente detentores do chamado conhecimento organizado de Deus. Entretanto esse conhecimento os fez tão alheios de Deus que raras exceções, o nascimento do Messias, não foi percebido ( de fato foi percebido por duas pessoas apenas, uma profetiza e um sacerdote )  pelo poder religioso que era a cidade com seus sacerdotes mantidos luxuosamente mesmo sob o domínio romano e pelos seus legítimos ministros em seu orgulhoso e magnífico templo. Curiosamente magos, pessoas de culturas pouco ou nada homogêneas teologicamente, é que perceberam algo diferente e por razões diferentes foram até o local do nascimento de Jesus Cristo. Ninguém mais viu nada, embora rumores proféticos houvesse, chegando a incomodar ao antigo Herodes. 

JERUSALÉM  TIPIFICA O QUE CONHECE ACERCA DE DEUS, MAS O SEU CONHECIMENTO NÃO O LEVA NECESSARIAMENTE A VER, PERCEBER, OS ACONTECIMENTOS DA OBRA DE DEUS NO MUNDO E ATÉ NA SUA PRÓPRIA VIDA.  SUA VIDA É CHEIA DE ELEMENTOS "RELIGIOSOS" E ATÉ "ESCRITURÍSTICOS", MAS ELES NÃO O SITUAM CORRETAMENTE NO GRANDE ACONTECIMENTO DIVINO.

Nas palavras do próprio Senhor Jesus o juízo sobre Jerusalém listados antes dessa importante declaração, foi o resultado de uma clara rebeldia, senão vejamos:Mt 23:37 Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, apedrejas os que a ti são enviados! quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e não o quiseste! 





A QUARTA E ÚLTIMA CIDADE DESSA ABORDAGEM, É 

JUSTAMENTE NÍNIVE.

Nínive (em acadianoNinuaneo-aramaico assírio: ܢܝܢܘܐ; em hebraicoנינוהNīnewē; em gregoΝινευη; em latimNineveárabe: نينوى, Naīnuwa), uma "cidade excessivamente grande", como é chamada no Livro de Jonas, jazia na margem oriental do rio Tigre, na antiga Assíria, através do rio da importante cidade moderna de Mosul, no estado de Ninawa do Iraque.


Os montículos antigos de Nínive, Kouyunjik e Nabī Yūnus, estão localizados num nível da planície perto da confluência do rio Tigre e Khosr com uma área de 1800 acres circunscrita por uma muralha de tijolos de 12 kilômetros. Esse espaço extensivo inteiro é hoje uma imensa área de ruínas sobreposta em partes pelos novos subúrbios da cidade de Mosul.
Nínive era uma junção importante para as rotas comerciais cruzando o Tigre. Ocupando uma posição central na grande estrada entre o Mar Mediterrâneo e o Oceano Índico, assim unindo o Oriente e o Ocidente, recebia a riqueza que fluía de várias fontes, tornando-se logo uma das maiores cidades antigas da região.

Textos do período helenístico e outros posteriores ofereceram um epônimo, Ninus, como o fundador de Nínive. A Nínive histórica é mencionada por volta do século XVIII a. C. como um centro de adoração a Ishtar, cujo culto foi responsável pela antiga importância da cidade. A estátua da deusa foi enviada ao faraó Amenhotep III do Egito no século XIV a.C., por ordens do rei de Mitanni. A cidade de Nínive foi vassala do reino de Mitanni até meados do século XIV a.C., quando os reis assírios de Assur a capturaram.
Não há um corpo largo de evidência que mostre que monarcas assírios tenham construído o que quer que seja em Nínive extensivamente durante o segundo milênio a.C. Monarcas tardios, cujas inscrições aparecerem na cidade alta, foram Shalmaneser I e Tiglath-Pileser I, dois construtores ativos de Assur; o último fundou Calah Nimrud. Nínive esperou pelos reis neo-assírios, particularmente do tempo de Asurbanipal II (883-859 a.C.) em diante, para sofrer uma considerável expansão arquitetônica. A partir de então, monarcas sucessivos a mantiveram em manutenção e fundaram novos palácios, templos para Sin, Nergal, Shamash, Ishtar e Nabu.

Seção de baixo-relevo refinada da caça de um touro de Nínive, alabastro, cerca 695 a.C. no Museu Pergamom de Berlim.
Foi Senaqueribe quem fez de Nínive uma verdadeira cidade magnificente (c. 700 a.C.). Ele projetou novas estradas e quadras e construiu o famoso “palácio sem rival”, cujo plano tem sido quas inteiramente recuperado e tem dimensões totais de cerca de 503 metros. Ele continha pelo menos 80 salas, muitas das quais eram preenchidas de esculturas. Um largo número de tabletes cuneiformes foram encontrados no palácio. A fundação sólida foi feita de blocos de calcário e tijolos de barro; tinha 22 metros de altura. No total, as fundações eram feitas de aproximadamente 2680000 metros cúbicos de tijolos (aproximadamente 160 milhões de tijolos). As paredes no topo, feitas de tijolos de barro, eram uma altura adicional de 20 metros. Algumas da principais entradas eram ladeadas por figuras colossais de pedra em portas pesando cerca de 30000 quilos; entre elas estavam leões alados ou touros, com cabeça de homem. Esses eram transportados de pedreiras em Balatai e tinham de ser elevados 20 metros uma vez que chegavam ao local, presumivelmente por uma rampa. Existiam também 3000 metros de painéis de pedra entalhados em baixo relevo, que incluíam registros pictóricos documentando cada passo da construção, incluindo a entalhação das estátuas e o seu transporte numa barcaça. Uma figura mostra 44 homens rebocando uma estátua colossal. A escultura mostra três homens dirigindo a operação enquanto se apóiam no Colosso. Uma vez que as estátuas chegavam a sua destinação a escultura final era feita. A maior parte das estátuas pesava entre 9000 e 27000 quilos.
As esculturas em pedra nas paredes incluem cenas de batalhas, empalamentos e cenas dos homens de Senaqueribe desfilando os despojos de guerra diante dele. O rei também se vangloriou de suas conquistas: ele escreveu de Babilônia “Seus habitantes, jovens e velhos, eu não poupei, e com seus corpos eu preenchi as estradas da cidade.” Ele escreveu posteriormente sobre uma batalha em Lachish “E Ezequias de Judá, que não se submeteu ao meu jugo... Ele eu tranquei em Jerusalém, sua cidade real, como um pássaro enjaulado. Impostos na terra eu impus sobre ele, e todos vindos dos portões dessa cidade foram obrigados a pagar por seu crime. Suas cidades que eu saqueei eu cortei de sua terra” .
Nessa época a área total de Nínive compreendia cerca de 7 quilômetros, e 15 grandes portões penetravam suas muralhas, Um sistema elaborado de 18 canais traziam água das colinas a Nínive, e muitas seções de um aqueduto magnificente eregido por Senaqueribe foram descobertos em Jerwan, cerca de 65 quilômetros distante. A área cercada tinha mais de 100 mil habitantes (talvez até 150 mil), cerca de três vezes mais do que Babilônia na época, colocando-a entre os mais largos estabelecimentos pelo mundo.
A grandeza de Nínive teve duração curta. Por volta do ano 633 a.C. o Segundo império Assírio começou a mostrar sinais de fraquezas, e Nínive foi atacada pelos medas, que por volta do ano 625 a.C., aliaram-se aos caldeus e sussianos, e a atacaram novamente. Nínive caiu em 612 a.C., e foi arrasada até o chão. O povo na cidade, que não pôde escapar para as últimas fortalezas assírias no oeste, foi massacrado ou deportado. Muitos esqueletos não enterrados foram encontrados por arqueólogos no sítio. O Império Assírio então acabou, e os Medas e Babilônios dividiram suas províncias entre si.
Seguindo a derrota em 612 a.C., o local permaneceu desocupado por séculos até o período Sassânida. A cidade é mencionada novamente na Batalha de Nínive de 627 d.C., que foi um combate entre o Império Romano Oriental e o Império Persa Sassânida travado nas proximidades da cidade antiga. Desde a conquista árabe em 637 d.C. até os tempos modernos, a cidade de Mosul na margem oposta do rio Tigres se tornou a sucessora da antiga Nínive.

Na Bíblia, Nínive é primeiramente mencionada em Gênesis 10:11: “Ashur deixou aquela terra e construiu Nínive”. Algumas traduções modernas interpretam Ashur no hebraico deste verso como o país “Assíria” antes que uma pessoal, assim fazendo Nimrod o construtor de Nínive.
Apesar do livro de Reis e o livro das crônicas falarem bastante sobre o Império Assírio, Nínive não é notada até os dias de Jonas, quando é descrita (Jonas 3:3; 4:11) como uma “cidade excessivamente grande com três dias de jornada”, provavelmente em circuito. Isso daria uma circunferência de aproximadamente 100 kilometros. É também possível que se tomasse três dias para cobrir todas a proximidade andando, o que iria estar de acordo com o tamanho da Antiga Nínive. As ruínas de Kouynjik (Nimrud), Karamles e Khorsada formam os quatro cantos de um quadrângulo irregular. As ruínas de Nínive, com toda a área incluindo o paralelolgrama que elas formam por linhas desenhadas de uma a outra, são geralmente vistas como consistindo desses quatro cantos. O livro de Jonas retrata Nínive como uma cidade cruel merecedora da destruição. Deus manda Jonas para profetizar contra a cidade, e os ninivitas se arrependem. Como resultado, Deus poupa a cidade; quando Jonas protesta contra isso, Deus afirma que ele está demonstrando piedade pela população que ignora a diferença entre o certo e o errado.)
Nínive era a florescente capital do império Assírio (2Reis 19:36); e foi, ostensivamente, a casa do Rei Senaqueribe, Rei da Assíria, durante o reinado bíblico do rei Ezequias e da carreira profética de Isaías. De acordo com as escrituras, Nínive foi também o lugar onde Senaqueribe morreu nas mãos de seus dois filhos, que depois fugiram para a terra de Ararat. O livro do profeta Nahum é quase exclusivamente uma coleta de denúncias contra essa cidade.


JONAS 03

1 Pela segunda vez veio a palavra do Senhor a Jonas, dizendo:
2 Levanta-te, e vai à grande cidade de Nínive, e lhe proclama a mensagem que eu te ordeno.
3 Levantou-se, pois, Jonas, e foi a Nínive, segundo a palavra do Senhor. Ora, Nínive era uma grande cidade, de três dias de jornada.
4 E começou Jonas a entrar pela cidade, fazendo a jornada dum dia, e clamava, dizendo: Ainda quarenta dias, e Nínive será subvertida.
5 E os homens de Nínive creram em Deus; e proclamaram um jejum, e vestiram-se de saco, desde o maior deles até o menor.
6 A notícia chegou também ao rei de Nínive; e ele se levantou do seu trono e, despindo-se do seu manto e cobrindo-se de saco, sentou-se sobre cinzas.
7 E fez uma proclamação, e a publicou em Nínive, por decreto do rei e dos seus nobres, dizendo: Não provem coisa alguma nem homens, nem animais, nem bois, nem ovelhas; não comam, nem bebam água;
8 mas sejam cobertos de saco, tanto os homens como os animais, e clamem fortemente a Deus; e convertam-se, cada um do seu mau caminho, e da violência que há nas suas mãos.
9 Quem sabe se voltará Deus, e se arrependerá, e se apartará do furor da sua ira, de sorte que não pereçamos?
10 Viu Deus o que fizeram, como se converteram do seu mau caminho, e Deus se arrependeu do mal que tinha dito lhes faria, e não o fez.



Nínive é o máximo e mais eficiente exemplo do que deve
 significar a revelação divina para cada homem, mulher, 
família e até uma nação inteira.

O conhecimento das coisas relacionadas a Deus, a prática
 religiosa não pode ser alienada de resultados e de
 intervenções, atitudes e ações que sejam vistas, notadas e 
consequentes em nossas vidas, seja sob que circunstâncias 
forem.

Muitas pessoas, muitos crentes sinceramente, inconscientemente se asseguram que sua vida espiritual está firme por atentarem para a sua denominação, tradição familiar, teologia, cargo na igreja, tempo de cristãos, conhecimento, costume, etc e não no que é revertido diária e diretamente a partir do conhecimento que já têm ou que adquirem a cada dia, que passa inevitavelmente por uma mudança, uma nova atitude, em que o que faríamos de nós mesmos dá lugar ao que Deus quer que façamos.   

Mesmo não considerando idólatras como outras pessoas de ouras crenças e religião, muitos poderes se interpõem entre a vontade de Deus e nós mesmos. A cosmovisão denominacional, a teologia denominacional, o costume denominacional além de pessoas que quando não condizentes com a revelação escriturística, nos direcionam e são em certa monta senhores de nossas ações e crença.

O relacionamento de cada um de nós com Deus em última 
instância é pessoal, intransferível e único.

Nos dias atuais um presidente de um país africano fez o que nenhum governante moderno fez até hoje, veja:

De acordo com uma reportagem do site ugandense New Vision, o presidente Yoweri Museveni celebrou o aniversário de 50 anos de independência de Uganda da Inglaterra no evento Orações Nacionais do Jubileu, se arrependendo publicamente por seus pecados pessoais e pelos pecados da nação.
“Estou aqui hoje para encerrar o passado de malignidade, e principalmente os últimos 50 anos de nossa história de liderança nacional, e entrarmos numa nova dispensação na vida desta nação. Estou aqui em favor de mim mesmo e dos presidentes anteriores, para demonstrar arrependimento. Pedimos teu perdão”, orou Museveni.
“Confessamos esses pecados, que têm causado grandes impedimentos para nossa harmonia nacional e atrasos para nossa transformação política, social e econômica. Confessamos os pecados de idolatria e bruxaria que são abundantes em nosso país. Confessamos os pecados de derramamento de sangue inocente, pecados de hipocrisia política, desonestidade, intriga e traição”, disse Museveni.
“Perdoa-nos os pecados de orgulho, tribalismo e sectarismo; pecados de preguiça, indiferença e irresponsabilidade; pecados de corrupção e suborno que estão provocando erosão em nossos recursos nacionais; pecados de imoralidade sexual, alcoolismo e devassidão; pecados de falta de perdão, amargura, ódio e vingança; pecados de injustiça, opressão e exploração; pecados de rebelião, insubordinação, brigas e conflitos”, orou Museveni.
Em seguida, o presidente dedicou Uganda a Deus.
“Queremos dedicar esta nação a ti de modo que tu sejas o nosso Deus e guia. Queremos que Uganda seja conhecida como uma nação que teme a Deus e como uma nação cujos alicerces estão firmemente enraizados na justiça para cumprir o que a Bíblia diz no Salmo 33:12: ‘Feliz a nação cujo Deus é o SENHOR, o povo que Ele escolheu para lhe pertencer!’ (KJA)” orou Museveni.
Uganda ganhou sua independência da Inglaterra em 8 de outubro de 1962. Milton Obote, líder da resistência, foi o primeiro primeiro-ministro de Uganda.
O Rev. Scott Lively, pastor e ativista de Massachusetts, crê que Museveni é um modelo para outros líderes nacionais.
“A oração de Museveni é um modelo para todos os líderes cristãos no mundo inteiro. O declínio dos líderes do Ocidente está ocorrendo em proporção ao grau de rejeição que eles demonstram a Deus”, disse Scott.
Scott também acredita que Uganda vai se erguer como uma grande potência africana, enquanto os EUA continuam a decair. Ele usa a Inglaterra como exemplo.
“Quando honrava a Deus, exatamente como o presidente de Uganda acabou de fazer, a Inglaterra estava em seu auge como potência mundial. De forma semelhante, a grandeza dos EUA está diminuindo, pois os EUA passaram de nação cristã para uma nação humanista e secularista. Mas fique de olho em Uganda, pois Deus os abençoará muito por quererem ser uma nação dedicada a Ele”, disse Scott.
Scott acrescentou que Museveni está claramente fazendo um contraste entre Uganda e o Ocidente.
“Este incidente é também importante como um contraste no quadro que está sendo pintado pela esquerda ímpia que retrata Uganda como uma nação atrasada, violenta e selvagem pronta para assassinar homossexuais”, disse Scott.
“Pelo contrário, com calma e confiança Museveni está estabelecendo o rumo de sua nação mediante a orientação da Bíblia, de um jeito que também mostra grande coragem e determinação”, disse Scott.
Os grupos de militância homossexual estão criticando o governo de Uganda e Museveni por aprovarem leis que criminalizam a conduta homossexual. Um projeto de lei atualmente no Parlamento de Uganda aumenta as sentenças de prisão para atos homossexuais e inclui penas criminais para os que incentivam ou promovem a homossexualidade.
O projeto havia incluído a pena de morte para os que cometem múltiplos atos de conduta homossexual, mas a cláusula foi removida, conforme reportagens da BBC Notícias.
Scott disse que não concorda com a cláusula de pena de morte, mas apoia a forte postura de Uganda contra a conduta homossexual.

NÃO SE ESPANTEM SE ESSE PAÍS FOR ABENÇOADO DE TAL FORMA QUE CONTRA TODAS AS PREVISÕES POSSÍVEIS SE TORNAR UMA NAÇÃO QUE DEIXE AS DEMAIS BOQUEABERTAS,POIS O SENHOR É FIEL. 



"Em verdade Eu vos digo que haverá maior júbilo no Céu por um único pecador que se arrepende, do que por noventa e nove justos que não sentem necessidade de arrependimento" (Lucas 15:7)

Por Helvécio S. Pereira

A POSTAGEM DE HOJE FOI LONGA ( MAS DO QUE PLANEJEI E TALVEZ PUDESSE SER MAIS SUCINTA) , MAS ESPERO QUE SEJA ÚTIL PARA A MEDITAÇÃO, ESTUDO, AMPLIAÇÃO E APLICAÇÃO DA MESMA, ENFIM PARA EDIFICAÇÃO. DEUS ABENÇOE A TODOS.







CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK
Clique na imagem acima e saiba como fazer o download desse importante e-book

EM DESTAQUE NA SEMANA

VOCÊ NÃO PODE DEIXAR DE LER




09 Dez 2010
Reflexões acerca do que a Bíblia revela e declara sob a ótica cristã autêntica. Nada porém substitui a leitura pessoal da Bíblia, a inerrante Palavra de Deus. LEIA A BÍBLIA! Salmos 119:105 Lâmpada para os meus pés é tua palavra, ...
19 Dez 2010
Essa pessoa sai pensando em Deus de um modo ou de outro, e em decisões que fatalmente terá de tomar frente ao divino. Nas prisões, após ouvir um pregador ou missionário de uma ou outra igreja, os criminosos mais terríveis param para ...
01 Dez 2010
A Bíblia é fonte inesgotável de ensinamentos dados do ponto de vista de Deus. As Sagradas Escrituras só não revelam o que, segundo a aprovação de Deus, Ele mesmo por Si não quer revelar-nos. Deus não revela coisas imposto pela ...
09 Dez 2010
Infelizmente ou ao contrário, como seres sociais e assim planejados por Deus, só construímos conhecimento em cima de informações e conhecimentos que nos antecedem. Por isso é natural não poucos de nós repetirmos conclusões feitas por ...

UM ABENÇOADO E VITORIOSO ANO NOVO A TODOS! OBRIGADO A TODOS OS LEITORES E VISITANTES!

Arquivo do blog

TEOLOGIA EM DESTAQUE: DIVERSAS POSTAGENS


26 Ago 2010
Nessa postagem quero deixar claro que dentre as diversas teologias usadas ( teologia popular, teologia leiga, teologia ministerial, teologia profissional e teologia acadêmica ) a que move a igreja e faz avançar o seu ...
27 Out 2011
Por experiência entenda-se todas as comprovações factuais acerca do que se crê conforme a teologia crida, seja essa oficial, oficiosa, leiga, individual, etc. Assim posto, é necessário colocar que o que me fez tocar nesse ...
25 Ago 2010
A teologia leiga é portanto um passo além da teologia popular, na verdade uma passo acima. Quando um crente dedica-se mais sistematicamente a investigação da sua fé , buscando uma melhor forma de não só expor o ...
11 Jan 2011
Conforme postagens anteriores que esclarecem a diferença entre teologia oficial e leiga, evidentemente em todas as igrejas há, por parte de seus membros uma teologia mais popular e uma teologia pessoal. Mesmos ...

links úteis

Atenção!

TODAS AS NOSSAS POSTAGENS TRAZEM ABAIXO LINKS PARA COMPARTILHAMENTO E IMPRESSÃO E SALVAMENTO EM PDF. NO CASO CLIQUEM 'JOLIPRINT' E UM SITE CONVERTERÁ O POST EM UM PDF AGRADÁVEL DE SER SALVO E PORTANTO GUARDADO PARA LEITURA POSTERIOR ( fica visível em alguns navegadores, aproveite essa funcionalidade extra! )

CRISE NO CATOLICISMO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO
VÁRIAS VERSÕES, ESTUDOS SOBRE CADA LIVRO DAS ESCRITURAS

NÃO PERCA UMA POSTAGEM DIGITE ABAIXO O SEU E-MAIL OU DE UM AMIGO

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!
NÃO PERDER O FOCO...QUAL O REAL PRINCÍPIO DO CULTO? CLIQUE NA IMAGEM ACIMA E ACESSE

CURSO TEOLÓGICO GRÁTIS! *HÁ TAMBÉM OUTROS CURSOS DISPONÍVEIS

QUEM INVENTOU O APELO NOS CULTOS?

SOBRE O LIVRO DE GÊNESIS, LEIA AS PRINCIPAIS POSTAGENS

25 Nov 2010
Tenho algumas vezes, em minhas despretenciosas reflexões ( despretenciosas por não terem o tom acadêmico e muito menos professoral, são apenas reflexões ), dito que se não se crer no que o Livro de Gênesis declara, não é necessário ...
31 Jan 2011
-A razão das atuais, ou pelo menos de predominância histórica, das condições existenciais e morais do homem têm no Gênesis a sua satisfatória resposta. A existência de condições nem sempre e totalmente favoráveis a nosso conforto ...
11 Jan 2011
Como parte do pentateuco, o Gênesis, depreciado modernamente graças a nossa submissão e endeusamento da ciência, que com a sua contribuição à saúde, tecnologia e construção material da sociedade, pouco ou quase nada tem a dizer sobre ...
21 Nov 2010
A religiosidade cristã moderna ou atual, de há muito tem se contentado e desprezado as narrativas de Gênesis, precioado por parte majoritária de setores quase que totais do mundo científico e da falsa sensação de que tudo pode ser ...

O GÊNESIS, COM NARRAÇÃO DE CID MOREIRA E IMAGENS

NÃO DEIXE DE LER OS SEGUINTES POSTS DENTRE OS MAIS LIDOS...

29 Mai 2010
UM LIVRO OBRIGATÓRIO PARA CATÓLICOS E EVANGÉLICOS ACERCA DA ERRÔNEA CULTURA DO CULTO A MARIA. Recebi por indicação do irmão Jorge Fernandes Isha, um e-book gratuito, de leitura obrigatória para os evangélicos e para ...
16 Fev 2010
Judas era o mais culto, de origem e status social diverso dos demais, de outra cidade, e foi substituído não pelo apóstolo dentre os discípulos eleito pelos demais, por própria escolha de Jesus, após a morte de Estevão, Saulo, discípulo de Gamaliel, provavelmente o mais preparado ...Melquesedeque, Maria , José, e tantos outros. Deus se dá a conhecer plenamente a cada um que o ama. O ue Ele fará na história as vezes não noscompete saber, as vezes sim. Essa é a diferença. ...
19 Mar 2010
Tal qual os fariseus, põem não poucos impencilhos que vão desde reparações a pregação simples e com pouca ligação com a hermeneutica e pregação convencionais, a música, letra das canções, a ordem do culto, forma dos apelos e ... Essa pessoa , esse novo crente, como filho ou filha de Deus de fato, tem agora uma nova vida, como Madalena, Zaqueu, o Gadareno, o Centurião, Nicodemos,o ladrão da cruz, Marta e Maria, Lázaro ( não necessariamente nessa ordem ), e tantos outros. ...
04 Mar 2011
Nesse aspecto seria legítimo um católico cultuar Maria como N.Senhora, um muçulmano a Maomé como seu legítimo profeta, um budista como objeto de culto, e assim por diante. Todoslçegitimamente amparados por sentimentos sinceros e ...
English (auto-detected) » English




English (auto-detected) » English


English (auto-detected) » English

VISITE JÁ UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO

VISITE JÁ  UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO
CONTANDO OS NOSSOS DIAS ACESSE JÁ. CLIQUE AQUI!

ESTUDE EM CASA.TRABALHE EM CASA!

leitores on line

OPORTUNIDADE!

LEIA: E-BOOKS EVANGÉLICOS GRÁTIS Clicando na imagem a abaixo você fará os downloads dos mesmos