SANDI PATTY LOVE IN ANY LANGUAGE

sábado, 5 de dezembro de 2015

SALVAÇÃO. ESSE É O OBJETIVO DO EVANGELHO, DA ENCARNAÇÃO DE JESUS CRISTO, SUA VIDA, DA SUA MORTE E RESSURREIÇÃO... O QUE PASSA DISSO E DESVIA DA SALVAÇÃO É PERIGO E PERDIÇÃO, PARA SEMPRE!



Um dos muitos posters promocionais das ideias de João Calvino, com objetivo de levar o calvinismo aos demais crentes tidos como seguidores de uma teologia herética  por eles referida como arminianismo



A questão mais pontual relacionada ao Calvinismo ( escrevo com letra inicial maiúscula destacando a sua pessoalidade, sua singularidade e sua materialidade no pensamento humano, o que não é pouco ) e a sua particular cosmovisão cristã, é que embora o Calvinismo aponte para Jesus Cristo, e aponte corretamente ( e isso não é pouca coisa ), aponte para a Bíblia como A Palavra de Deus, também corretamente; resvala perigosa e acintosamente em inúmeras questões de forma tão graves, tão contraditórias, tão patéticas, que praticamente imobilizam todo esforço evangelístico e o resgate de pessoas perdidas, ou pela incredulidade ( ateias, agnósticas, sem religião ), pelo misticismo ou até mesmo por alguma religiosidade. Nesse ativismo e proselitismo muitos calvinistas incautos tripudiam sobre os demais cristãos, sejam católicos romanos, pentecostais e neo pentecostais ou outros.


Isso é fato notório e mais comprovável graças ao acesso,  à rapidez e à prova que é exatamente o registro digital nas redes sociais, muito mais passíveis de investigação e de detecção nos dias de hoje. Algo dito, afirmado, extemporâneo, pode ser resgatado e reafirmado mesmo depois de ser esquecido ou ate reparado. O desastre é grande e o impacto de cada um desses atos de responsabilidade isolada ou coletivo desastroso. Afora isso há ainda a teia de aranha teológica que prende o calvinista ainda que seja o cristão mais piedoso e o calvinista mais sincero.

Enquanto os desvios ( muitos e vários ) de diversos grupos cristãos no mundo podem ser facilmente demovidos ou caiam em desuso ou afirmação naturalmente com o tempo, os erros e vaticínios calvinistas permanecem renovados por uma consulta paralela ao penamento de seu criador, João Calvino como se fosse uma escritura bíblica paralela. Isso alimentado pela soberba denominacional. soberba histórica, ética natural de grupo e relações interpessoais nas próprias igrejas empederniam, endurecem, fecham a mente e o coração de quem abraçou após crer no Evangelho na cosmovisão teológica do Calvinismo.

Mas não seria essa uma análise dura, grave, injusta ou secundária demais para ser levada em conta? o que nos une, como crentes, não seriam mais os pontos em comum do que as diferenças? Sim e não considerando sim que há coisas, detalhes, pontos de fato relevantes e outros secundários, mas vale destacar que para a grande maioria deles, os pontos calvinistas não são secundários, debem ser cridos, abraçados e confessados, sem isso todos os outros crentes estão errados em não poucos pontos e a prática religiosa, piedosa deles é considerada pelos calvinistas, sem meias palavras: erráticas e herética, não importam quantas provas teológicas, hermenêuticas e bíblicas puderem ser apresentadas. Aos calvinistas ativistas e proselitistas só uma coisa importa: tornar os demais crentes calvinistas, algo festejado e de máxima importância para eles.

Livros sobre as contradições teológicas calvinistas versus ao que eles identificam e zombam como arminianismo há as centenas e milhares acredito.Qualquer um com paciência, condições cognitivas desejáveis e suficientes pode gastar uma vida em lê-los todos e estudá-los academicamente e depois decidir entre um lado e outro da questão. Esse entretanto e ao meu ver não é o melhor caminho, o caminho para todos, algo que todos possam fazer e chegar a conclusão mais correta, devido a inúmeros fatores internos, externos à cada pessoa e circunstanciais. Creio que nem Deus se interessa em exigi de todos e de cada um esse esforço: a coisas mais importantes, realmente espirituais, que Deus queira que aprendamos e façamos muito mais louvável do que essa odisseia quase que inútil espiritualmente.

Portanto, nessa postagem eu resolvi desviar de debates inúteis e ir direto aos pontos realmente importantes:

Primeiramente o Calvinismo não produz fé, não mais e tanto quanto qualquer igreja ou teologia cristã, seja qual for. A teologia tem o seu lugar, a sua significância, mas não salva, não é espiritual, e não pode produzir em nenhum ser humano nada alem de um verniz mental e cognitivo como qualquer outro saber humano, repassado para qualquer um de nós ou de nós para qualquer outra pessoa.

Produz sim, e muitas vezes, como em várias e particulares denominações e igrejas cristãs, bloqueio, cegueira espiritual, teimosia e autossuficiência pela presunção, algo oposto e naturalmente diferente da fé genuína. Ouro detalhe é que a maior parte dos calvinistas foram "mineirados" em outras denominações, já eram crentes, embora uma parte era católicos romanos, mas a maioria hoje e de crenes convencidos que era arminianos ( grande parte desconhecia esse detalhe teológico de sua denominação original ) e de que estavam teologicamente "errados"! nesse contexto o calvinismo surge como uma "re-iluminação", o que definitivamente não é, mas justa e exatamente o contrário!

Estaria eu dizendo, afirmando que o calvinista não é crente, não é espiritual, não é piedoso, não é salvo por ser calvinista? não, nada disso. Tanto como qualquer crente de qualquer igreja ou denominação cristã, a qualidade de vida cristã e a sua comunhão com Deus não se deve à sua denominação, teologia, pastor, lugar na denominação, mas na sua experiência com Deus. A confiança excessiva no lugar onde se está e no que lhe foi ensinado e se ensina a outros é que consiste  o real perigo. Isso vale para todos os crentes e cristãos em todo o mundo e em todas as épocas! não seria e não é diferente agora!

As razões pelas quais a teologia e cosmovisão Calvinista são o que são se devem a um erro inicial básico e tudo que se ergueu depois se deve a esse único desvio, simplório e basilar. A resistência em negar o Calvinismo como teologia e cosmovisão se deve unicamente a esse único ponto. Mas não é por aí que eles começam o seu proselitismo e a sua profissão de fé singular.

Geralmente o que acenam veementemente é a tal "Soberania de Deus". Consideram que todos o demais cristãos e crentes eram ou tem uma visão menor sobre essa "soberania" e claro, obviamente sobre o próprio Deus, induzindo os demais crentes a pensarem que eles de fato diminuem Deus a Sua grandeza, o que não é a verdade. Eles sim calvinistas, me uma análise mais séria e de suas falas e práticas tornam sim Deus um Ser amarrado e portanto limitado.

O ponto para eles, calvinistas, é que o homem ( e por consequência lógica e necessária à sobrevida de seu modelo teológico, os anjos, demônios, e todo ser a quem Deus tenha dado vida ) não possuem liberdade alguma! todos são marionetes ( eles não dizem isso com todas as letras ) nas mãos de Deus. Levado adiante e inconsequentemente, até Deus se encontra amarrado por Si mesmo em algum passado antes de todas as coisas, pois tudo já fora feito e decidido por Ele antes do início de tudo! Dito com essa ênfase, soa bonito, transcendente e espiritual. Alguns textos bíblicos tomados isoladamente favorecem essa ideia mas que é facilmente colocada um xeque graças a uma análise mais total da própria Bíblia. Esse ativismo e esforço tendencioso teologicamente leva os calvinistas a tirarem todo o valor do verso mais importante de toda a Bíblia no que se refere ao amor de Deus pelo ser humano, exatamente João 3:16, o terror dos calvinistas, torcido e diminuído em sua declaração de modo acintoso!

Para eles, calvinistas para não admitirem que a sua predestinação é algo biblicamente espúrio, afirmam que Deus não "amou o mundo", compreendido como todos os seres humanos vivos em dado momento, ou a toda humanidade em um sentido mais amplo, mas que esse mundo ( pasmem! ) é a igreja constituída de crentes já salvos antes da fundação do mundo, façam o que façam, impossíveis de não serem salvos, excluídos os já predeterminadamente perdidos, igualmente desejem, almejem, se angustiem-se, para não serem perdidos, procurem, busquem, se interroguem acerca da real salvação em Cristo!

Afirmam eles quando perguntados mais especificamente que essa é "a graça de Deus" de salvar que Ele quer salvar e deixar perdido quem Ele igualmente predeterminou serem perdidos. Mesmo que seja um piedoso pai, uma piedosa mãe, um médico que tenha salvado milhares de vida durante o seu exercício profissional, um filho, uma filha, patrão, amigo, colega, benfeitor, etc. Consolam-se com a morte de qualquer um que não compreendeu ou não creu no Evangelho, ignorando circunstâncias naturais e externas, como religiosas, culturais, cognitivas, interpessoais, amorosas, aproximadoras, esclarecedoras ou não, etc. Se eu entendi o Evangelho pela perspectiva singular calvinista eu sou certamente um "salvo", pois fui "predestinado" a sê-lo. Se não, não!

Quando muito pressionados acerca desse desvio teológico dizem que somente uma parte deles, execrados por eles mesmos pensam e agem assim: os "hipercalvinistas"! uma desculpa fraca para tão grande erro e precariedade teológica e humana. Se eu creio em uma salvação a perdição de qualquer um, ainda mais de uma pessoa querida é proporcionalmente angustiante e desconsoladora! não há como conformar esse sentimento, essa realidade com um Deus que ama infinitamente mais do que eu como simples ser humano.

Segundo essa compreensão como pode o "Evangelho" ser visto como a grande notícia, a boa nova, algo que constitui a redenção de uma vida, um divisor de águas que define a diferença e entre uma vida que era perdida nesse mundo e perdida para a eternidade e uma vida redimida para uma nova vida que começa aqui e e garantida  no céu?

O "Evangelho calvinista" dos quais os calvinistas se gabam e presumem ser o "Evangelho", o "Evangelho da Graça" é ao contrário aquele que ao ser anunciado deveria se dizer com propriedade: "pode não ser para você"... e não há nada que você possa fazer para ser salvo, não no sentido de alguma obra ou atitude,você não tem escolha se for um perdido: só para você o fogo eterno, o sofrimento eterno e nada mais, mesmo que se tenha dito a você que Jesus é o Salvador. Isso é definitivamente desastroso! terrível e maligno!


Em segundo lugar, como eu já havia dito, essas discrepâncias nunca aparecem em uma conversa inicial. indiretamente pouco ou nunca aparecem nas orações nos cultos ou nas reuniões de oração. No geral poucas coisas ou quase nunca a olhares menos atentos, parecem tão diferentes de uma igreja de confissão reformada ( batistas reformados ) e presbiterianos, ambas calvinistas para outras igrejas históricas, sejam elas mesmas batistas e presbiterianas de confissão arminianas em sua teologia.

Um calvinista não prega às demais pessoas o Evangelho ( segundo os calvinistas nesse caso os hipercalvinistas ) sob a sua perspectiva e compreensão os "salvos" irão às igrejas, serão atraídos à elas.Os demais calvinistas pregam a não calvinistas, não cristãos e a cristãos não calvinistas, inconscientemente tentando acertar quem é "salvo" eque durante a "pregação" se identificará naturalmente com a sua cultura religiosa, mensagem, etc. A contradição é justamente a atitude inconsciente de que quem está em uma condição geográfica e cultural que a torne o evangelho inacessível a ela, é de ceta forma um predestinado a não ser salvo, e assim não há a angustia natural por sua perdição eterna. É verdade também que apesar dessa terrível contradição, incontáveis calvinistas foram corajosos e ativos missionários, eficientes pregadores e encherem os céus falando a todos sobre a salvação em Jesus Cristo, entre eles o tradutor da Bíblia para a língua portuguesa, o grande missionário calvinista, o mais publicado escritor português João Ferreira de Almeida. A esses a condição teológica não os impediu de anunciar a salvação a incontáveis pessoas que só a eternidade revelará.

Mas em regra, e no presente, a cosmovisão e a teologia, fazem justamente o contrário: tornam muitos crentes calvinistas estéreis espirituais, presunçosos religiosos, e altercadores inúteis. Reiterando: não é a denominação, a cultura denominacional ou a defendida teologia que torna cada um de nós, cristãos, crentes ou filhos de Deus segundo a boa e mais plena vontade de Deus.No máximo a igreja, a denominação, os irmãos com os quais convivemos e partilhamos a fé no Deus da Bíblia, quando não nos torna melhores de fato apenas não nos atrapalha. A segunda situação, infelizmente parece ser a verdade na boa maioria dos casos.


O cerne do Calvinismo é a predestinação ( para salvação e para perdição).Nenhuma pessoa em nenhum dos dois casos podem mudar ou ter um destino diferente. Isso é tão radical e patético que deveria ser facilmente percebido.

Se Deus predestinou alguns ou alguém, isso poderia ser duro e em parte razoável. Deus não gosta de fulano e não quer vê-lo diante de Si, no bom e no melhor. A justiça e o pleno conhecimento de Deus seriam facilmente compreendidos nesse sentido, embora houvesse o problema da falta de meritocracia e impossibilidade de afirmar algo como um presumida "graça", uma salvação dada sem merecimento prévio. Entretanto o pior é o esforço e a impossibilidade real de justificar a salvação de quem não quer, nunca supôs, não procuraria ser salvo e nunca deu a mínima acerca da sua própria condição espiritual. Isso piora com a suposição de que Deus terá (ou teria ) que providenciar odos os meios do tal sujeito, de tal pessoa, "ouvir" o tal "evangelho", não ter escolha em dizer "não! eu não quero isso!".

Esse modelo "justo" segundo o calvinismo, que pressupõe ser o modelo amoroso e justo de Deus, excluiria quem quer ser  salvo, por uma angústia natural interna, medo da morte comum a todos o seres vivos e aos humanos, e forçaria a todos os desinteressados, rebeldes, inimigos de Deus a serem salvos, mesmo sem nunca terem desejado-o!

A despeito disso, calvinistas acusam de todas as formas e repetida e insistentemente os arminianos de terem um modelo e uma compreensão teológica frágil, por simplesmente reconhecerem que o ser humano escolhe a partir de um desejo, serem salvos desde que expostos à verdade da Salvação através de Jesus Cristo. E que a "Graça" do "Evangelho" consiste em dar a "salvação" a todo aquele que crê na mensagem que ocasionalmente ele chegue a ouvir, um modelo total e claramente exposto e amparado biblicamente.

É justamente esse modelo simples e efetivo que salva independente da igreja cristã, da cultura, da condição social, da etnia, da capacidade de apreensão teológica e cognitiva. Como diz muito bem e coerentemente com a Bíblia o filósofo católico romano, Olavo de Carvalho, quando em uma exposição acadêmica sobre salvação e outros assuntos, diz muito bem sem ser em linguagem teológica e biblicista, que quem "salva" é a pessoa de Jesus Cristo e não outra coisa. Segundo ele a revelação ( o próprio Evangelho ) a igreja , qualquer que seja ela com seu ensino e teologia, uma vida religiosa, não salva. Ele Jesus é quem dá a salvação, Ele como pessoa. Ter acesso à salvação é ter acesso a pessoa de Jesus, não menos e não mais. Desse modo são salvos o calvinista e o arminiano ou qualquer outro. Coisas basilares como crer e confessar Jesus como Deus e Filho de Deus e o crer que Ele, só Ele através de Si mesmo dará a vida eterna a cada um de nós e não de outra maneira, de outro modo ou através de um sacramento ou outro arremedo teológico.

Em síntese, pregar o Evangelho, que é só um, e não vários,é passa essa grande notícia e fazê-la efetiva seja para um querido e parente próximo, a um colega, um conhecido, a um vizinho, patrão, empregado, a um rico, a um pobre. A pessoa que ouve, entende, se posiciona, escolhe uma igreja para se unir a pessoas que já tiveram uma experiência  real com Deus e a partir daí se esforçará para conhecer mais e mais de Deus tendo como referência as pessoas que cujas vidas registradas nas Escritura, através de seus desafios, experiências, acertos e falhas nos levam a imitá-los e provarmos da realidade da intervenção e do amor desse Deus em nossas próprias vidas.

Todas as denominações têm algo que limita, ajuda ou atrapalha esse testemunho ao mundo e a todas as pessoas, algo normal. O Calvinismo entretanto tem elementos perigosos que impedem não o crente de ser crente, salvo e um bom cristão. Muito calvinistas o foram na história bem como muito arminianos, não é essa a questão. Mas vamos direto ao ponto: se você é calvinista, você é menos evangelista do que seria, por mais ardorosa e amorosa seja a sua relação com Deus. Você de fato está amarrado teologicamente, e dizendo tão diretamente quanto é possível, você verá parentes, pessoas queridas, morrendo sem salvação graças a sua conformação teológica a respeito delas. E se um dia, no futuro salvo, nos céus, você perceber que elas poderiam também estar lá, eu não consigo supor, que nem no primeiro momento isso não fique claro para cada um de nós. Se não como explicar no Novo Testamento, a angústia dos Apóstolos pelos perdidos ou durante a história da igreja cristã, o preço pago por incontáveis cristãos que dedicaram toda as suas vidas, om todas as limitações para levar a Bíblia e a história de Jesus Cristo a tantos cantos do mundo que até hoje, tantos séculos depois, pelo registro da história secular, dos nomes das pessoas, dos nomes das cidades e dos lugares, que alguém esteve entre eles e lhes falou pelo menos da história miraculosa do nascimento do Salvador, sua morte e sua ressurreição?

Finalmente um problema real:

Como na pratica tomar uma posição diferente, sem ter que escolher uma nova comunidade, novos irmãos, um novo pastor e ter que sofrer compulsoriamente a distância e a não convivência com os antigos e de fato ainda, crentes e irmãos?

Não há solução mais fácil ou mais palatável. Somos humanos e funcionamos melhor com os nossos iguais e pares e naturalmente nos afastamos e afastamos os outros por diferenças menores que apenas nos incomodam ou incomodamos.

Retaliações haverá e não como não acontecerem.É como um namoro interrompido, há uma ruptura ainda educada, consensual, amistosa. Calvinistas dizem que nenhum de nós tem escolhas. Arminianos reconhecem sim que sobre todas as coisas, e em todos os aspectos, temos escolhas e somos responsáveis por cada uma delas. Percebida a justiça e a necessidade premente de uma atitude, essa deve ser  tomada.

Oxalá, a partir dessa postagem, muitos calvinistas apaixonados pelo Senhor Jesus Cristo, pela preciosidade e riqueza da Palavra de Deus, única e poderosa, queiram deixar a frieza e o vazio teológico,serem transbordados do Espírito Santo em poder e sabedoria, terem uma segunda experiência com Deus, bíblica a de serem cheios do Espírito, e passaram a realizar através de suas vidas, aquilo que biblicamente, o Deus da Bíblia quer fazer nos dias de hoje, impactando pessoas, trazendo-as para a luz, levando-as a desejarem e escolherem serem salvas, crendo e se arrependo conforme a Bíblia no Novo Testamento deixa bem claro, fazendo o próprio Senhor Jesus ver o resultado do penoso trabalho de Sua alma, ficando satisfeito. Pois Deus não tem nenhum prazer na morte ( e na perdição ) do ímpio, mas espera que o pecador e arrependa e alcance a vida eterna através do Salvador, único e eficiente, o nosso Senhor Jesus Cristo. Amém.


Por Helvécio S. Pereira 





P.S.:

Na real impossibilidade e descompasso histórico em poder discutir tanto no âmbito teológico quanto no secular as suas contradições o calvinismo mais tacanho tem se limitado, principalmente no Brasil na guerra dos bordões em apontamentos do que é considerado por eles desvios dos outros, sejam principal e curiosamente os outros crentes, justamente os arminianos, os pentecostais, os neopentecostais, deixando de fora os próprios calvinistas, incluindo os liberais, que necessitaria serem convertidos à verdade bíblica. Combatem esses mesmos calvinistas presunçosos aos próprios calvinistas, os neocalvinistas ( Bethel Church e Jesus Culture Band entre outros ) que impactam hoje boa arte dos EUA, Europa e Ásia acusando-os de heréticos e apóstatas do calvinismo original.


A situação é tão ridícula. que esses novos ativistas, através de poster bizarros e simplórios, por serem incapazes de debater honestamente a sua própria e deficiente teologia fartamente abordada por livros que vão ao mais profundo de seus erros, comprovável racionalmente, biblicamente, hermeneuticamente, de um aforma que eles não suportam ouvir e muitos com grave deficiência de ao menos acompanhar o raciocínio, zombam das demais igrejas e se mostram incomodados com o crescimento delas e com o número grande de pessoas que ao menos começam a conhecer e a buscar a Deus. \desprezam igualmente o impacto positivo na sociedade e fogem dos atuais e graves enfrentamentos nacionais e mundiais sejam social, política e ideologicamente.

Onde estão ou estavam esses diante do grave enfrentamento da maligna ideologia de gênero? Nenhum poster foi produzido por eles e poucos deles se manifestaram publicamente contra coisa alguma pelo temor de serem execrados e processados! Seu maior representante na atualidade o rev Augustus Nicodemos perdeu várias vezes a chance de permanecer calado, coisa que o fez várias vezes, enquanto outros pastores como Silas Malafaia e Marcos Feliciano ficaram expostos a processos e a execração pública por parte de incrédulos e de alguns crentes que não distinguem a mão esquerda da direita e vive versa.


Alguns posters patéticos produzidos e disseminados por ativistas calvinistas. Evidentemente a primeira vista, além de provocarem riso e parecerem lúcidos e bíblicos escondem entretanto as limitações reais do calvinismo, o cessacionismo ( a crença que não haja mais milagres ), a real relação do calvinismo original e  capitalismo, à prosperidade financeira e ao poder terreno,a supremacia calvinista ( e não a supremacia bíblica somente ) sobre as demais teologias, o exagerado respeito e culto a João Calvino, estranho historicamente e biblicamente, o respeito exagerado pelas instituições seculares ao ponto de não bater de frente e publicamente contra elas ( os fatos públicos comprovam isso ) e por aí vai. Os incautos e os que não distinguem a verdade em meio ao caos que é a própria religião cristã hoje e a situação secular do mundo( social, política e econômica ) realmente ficam impressionados com a aparente ( só aparente) lucidez dessa parcela de crentes.

No Calvinismo se negará mais do que se crerá, infelizmente essa é a pior característica desse movimento cristão que já se mostrou há tempos estar inteiramente ultrapassado, secularmente e principalmente, o que é mais importante biblicamente. No Calvinismo se zomba de tudo que se deva crer segundo a Bíblia, dos milagres, da possessão demoníaca, das profecias, do falar em línguas, do arrebatamento, transformando o Deus da Bíblia em um Alá do Corão, o Deus que faz o que bem entende, sem lógica ou razoabilidade no que faz e deixa acontecer. Para um calvinista o Diabo é servo de Deus ( não um inimigo de Deus ), Deus é o autor do mal, estupros, assassinatos, são atos de Deus pois o homem não produz nenhum ato por si mesmo, uma distorção absurda, erguida teologicamente para sustentar o erro máximo da predestinação e da eleição dos salvos ( eles claro! ). Isso tudo indo de encontro a tudo o que as Escrituras revelam sobe cada um desses pontos.

Os erros teológicos e a cosmovisão resultante do Calvinismo não são inocentes e sem consequências. A pior delas, do ponto de vista prático, é o calvinista crer, ser salvo e mesmo amando a Deus, não conseguir salvar muitas pessoas, por estar preso em uma teia teologia humana e errática. Meu irmão, minha irmã liberte-se dessa teia, seja livre em Jesus Cristo e vá dar frutos, muitos frutos para a a glória de Deus já!

Aviso de antemão que não será fácil e sem dor, escolhas terão que ser feitas e sustentadas, uma oura igreja cheia de defeitos ( porque toda a têm ) terá que ser escolhida, mas você estará se livrando de um  erro que traz limitações à sua jornada de fé.

Que Deus o abençoe! Ganhar almas, encher os céus, é melhor ( e sábio segundo as Escrituras )  que ter uma vida aparentemente piedosa fazendo prosélitos de uma teologia apenas singular, diferente e herética.


Os  posters abaixo podem soar como iluminadores, mas são apenas formas debochadas de apontar erros nos outros sem tirar do seu próprios olhos uma trave e visam fugir das próprias questões de sua própria teologia, atraindo incautos, convertidos de fato que passarão a viver uma vida cristã menos ativa e orgulhosa de si mesmo. Não caia nesse erro que não é novo na história do cristianismo.







CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK
Clique na imagem acima e saiba como fazer o download desse importante e-book

EM DESTAQUE NA SEMANA

VOCÊ NÃO PODE DEIXAR DE LER




09 Dez 2010
Reflexões acerca do que a Bíblia revela e declara sob a ótica cristã autêntica. Nada porém substitui a leitura pessoal da Bíblia, a inerrante Palavra de Deus. LEIA A BÍBLIA! Salmos 119:105 Lâmpada para os meus pés é tua palavra, ...
19 Dez 2010
Essa pessoa sai pensando em Deus de um modo ou de outro, e em decisões que fatalmente terá de tomar frente ao divino. Nas prisões, após ouvir um pregador ou missionário de uma ou outra igreja, os criminosos mais terríveis param para ...
01 Dez 2010
A Bíblia é fonte inesgotável de ensinamentos dados do ponto de vista de Deus. As Sagradas Escrituras só não revelam o que, segundo a aprovação de Deus, Ele mesmo por Si não quer revelar-nos. Deus não revela coisas imposto pela ...
09 Dez 2010
Infelizmente ou ao contrário, como seres sociais e assim planejados por Deus, só construímos conhecimento em cima de informações e conhecimentos que nos antecedem. Por isso é natural não poucos de nós repetirmos conclusões feitas por ...

UM ABENÇOADO E VITORIOSO ANO NOVO A TODOS! OBRIGADO A TODOS OS LEITORES E VISITANTES!

Arquivo do blog

TEOLOGIA EM DESTAQUE: DIVERSAS POSTAGENS


26 Ago 2010
Nessa postagem quero deixar claro que dentre as diversas teologias usadas ( teologia popular, teologia leiga, teologia ministerial, teologia profissional e teologia acadêmica ) a que move a igreja e faz avançar o seu ...
27 Out 2011
Por experiência entenda-se todas as comprovações factuais acerca do que se crê conforme a teologia crida, seja essa oficial, oficiosa, leiga, individual, etc. Assim posto, é necessário colocar que o que me fez tocar nesse ...
25 Ago 2010
A teologia leiga é portanto um passo além da teologia popular, na verdade uma passo acima. Quando um crente dedica-se mais sistematicamente a investigação da sua fé , buscando uma melhor forma de não só expor o ...
11 Jan 2011
Conforme postagens anteriores que esclarecem a diferença entre teologia oficial e leiga, evidentemente em todas as igrejas há, por parte de seus membros uma teologia mais popular e uma teologia pessoal. Mesmos ...

links úteis

Atenção!

TODAS AS NOSSAS POSTAGENS TRAZEM ABAIXO LINKS PARA COMPARTILHAMENTO E IMPRESSÃO E SALVAMENTO EM PDF. NO CASO CLIQUEM 'JOLIPRINT' E UM SITE CONVERTERÁ O POST EM UM PDF AGRADÁVEL DE SER SALVO E PORTANTO GUARDADO PARA LEITURA POSTERIOR ( fica visível em alguns navegadores, aproveite essa funcionalidade extra! )

CRISE NO CATOLICISMO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO
VÁRIAS VERSÕES, ESTUDOS SOBRE CADA LIVRO DAS ESCRITURAS

NÃO PERCA UMA POSTAGEM DIGITE ABAIXO O SEU E-MAIL OU DE UM AMIGO

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!
NÃO PERDER O FOCO...QUAL O REAL PRINCÍPIO DO CULTO? CLIQUE NA IMAGEM ACIMA E ACESSE

CURSO TEOLÓGICO GRÁTIS! *HÁ TAMBÉM OUTROS CURSOS DISPONÍVEIS

QUEM INVENTOU O APELO NOS CULTOS?

SOBRE O LIVRO DE GÊNESIS, LEIA AS PRINCIPAIS POSTAGENS

25 Nov 2010
Tenho algumas vezes, em minhas despretenciosas reflexões ( despretenciosas por não terem o tom acadêmico e muito menos professoral, são apenas reflexões ), dito que se não se crer no que o Livro de Gênesis declara, não é necessário ...
31 Jan 2011
-A razão das atuais, ou pelo menos de predominância histórica, das condições existenciais e morais do homem têm no Gênesis a sua satisfatória resposta. A existência de condições nem sempre e totalmente favoráveis a nosso conforto ...
11 Jan 2011
Como parte do pentateuco, o Gênesis, depreciado modernamente graças a nossa submissão e endeusamento da ciência, que com a sua contribuição à saúde, tecnologia e construção material da sociedade, pouco ou quase nada tem a dizer sobre ...
21 Nov 2010
A religiosidade cristã moderna ou atual, de há muito tem se contentado e desprezado as narrativas de Gênesis, precioado por parte majoritária de setores quase que totais do mundo científico e da falsa sensação de que tudo pode ser ...

O GÊNESIS, COM NARRAÇÃO DE CID MOREIRA E IMAGENS

NÃO DEIXE DE LER OS SEGUINTES POSTS DENTRE OS MAIS LIDOS...

29 Mai 2010
UM LIVRO OBRIGATÓRIO PARA CATÓLICOS E EVANGÉLICOS ACERCA DA ERRÔNEA CULTURA DO CULTO A MARIA. Recebi por indicação do irmão Jorge Fernandes Isha, um e-book gratuito, de leitura obrigatória para os evangélicos e para ...
16 Fev 2010
Judas era o mais culto, de origem e status social diverso dos demais, de outra cidade, e foi substituído não pelo apóstolo dentre os discípulos eleito pelos demais, por própria escolha de Jesus, após a morte de Estevão, Saulo, discípulo de Gamaliel, provavelmente o mais preparado ...Melquesedeque, Maria , José, e tantos outros. Deus se dá a conhecer plenamente a cada um que o ama. O ue Ele fará na história as vezes não noscompete saber, as vezes sim. Essa é a diferença. ...
19 Mar 2010
Tal qual os fariseus, põem não poucos impencilhos que vão desde reparações a pregação simples e com pouca ligação com a hermeneutica e pregação convencionais, a música, letra das canções, a ordem do culto, forma dos apelos e ... Essa pessoa , esse novo crente, como filho ou filha de Deus de fato, tem agora uma nova vida, como Madalena, Zaqueu, o Gadareno, o Centurião, Nicodemos,o ladrão da cruz, Marta e Maria, Lázaro ( não necessariamente nessa ordem ), e tantos outros. ...
04 Mar 2011
Nesse aspecto seria legítimo um católico cultuar Maria como N.Senhora, um muçulmano a Maomé como seu legítimo profeta, um budista como objeto de culto, e assim por diante. Todoslçegitimamente amparados por sentimentos sinceros e ...
English (auto-detected) » English




English (auto-detected) » English


English (auto-detected) » English

VISITE JÁ UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO

VISITE JÁ  UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO
CONTANDO OS NOSSOS DIAS ACESSE JÁ. CLIQUE AQUI!

ESTUDE EM CASA.TRABALHE EM CASA!

leitores on line

OPORTUNIDADE!

LEIA: E-BOOKS EVANGÉLICOS GRÁTIS Clicando na imagem a abaixo você fará os downloads dos mesmos